Vocês vivem me pedindo inspirações de cerimônia e recepção no mesmo local, e quando vi esse casamento que aconteceu nesse fim de semana precisei postar!!!

O local incrível e quase inexplorado pelas noivas de Recife, é o Convento de São Francisco de Olinda. Um lugar lindo, na cidade alta, com vista panorâmica para o mar.

“O Convento de São Francisco é parte de um conjunto arquitetônico católico de excepcional importância, que inclui a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Roque, o claustro e a sacristia. Está situado na cidade brasileira de Olinda em Pernambuco.[1]

É o convento franciscano mais antigo do Brasil.[1]

Sua construção foi iniciada em 1585, com projeto do frei Francisco dos Santos, mas foi parcialmente destruído pelos holandeses no ano de 1631 e reconstruído ainda no século XVII. Em frente ao convento existe um cruzeiro trabalhado em pedra de arenito retirada dos arrecifes.

O claustro e a sacristia são famosos pela série de painéis de azulejos portugueses, com cenas diversas. Na igreja, na sacristia e na capela chama a atenção o rico trabalho de talha em madeira do teto, com caixotões contendo pinturas do século XVIII. O mosteiro tem ainda uma biblioteca com um precioso acervo de obras raras, e nele foi instalada a primeira biblioteca pública de Pernambuco.

O conjunto foi incluído no rol dos monumentos do Centro Histórico de Olinda, tombado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

{INFO VIA WIKIPÉDIA} “

 

A noiva queria algo intimista, com dois conceitos diversos. O Villa Garden atendeu exatamente seu desejo, e o resultado foi um casamento mais que lindo, uma verdadeira inspiração!

Para a cerimônia,  decor clássica, que compôs perfeitamente com as paredes de azulejos portugueses da igreja. Detalhe para o arco de folhagens  na entrada do convento com 3,5 m de altura, e na base um jardim com floral. Simplesmente MARAVILHOSO!

A recepção teve um ar mais descontraído,  lounge com mesinhas bistrô mais altas e com arranjos de mesa singelos . Para os mais velhos, duas mesas redondas tradicionais, ocupados pelas famílias dos noivos.  Que tiveram um toque boho presente no pergolado de mini luzinhas aéreas.

O ambiente do bolo ficou no centro do claustro e nas suas diagonais foram dispostas as mesas dos doces.

A perfeição não para por ai.

O buffet La Cuisine cuidou para que as comidas servidas tivessem também um diferencial. Afinal, não é por que se trata de um “bolo e champanhe” que seus convidados não serão mimados, né?

O La Cusine trouxe uma novidade: Île de Bouillon.

Trata-se de uma ilha de cremes, composta de 4 sabores: Aligot de Gruyére, Polenta Cremosa, Veloutté de cenoura e consommé de alho poró.  Pode-se acrescentar proteínas como File ao Rotti,  Ragu de Ossobuco, ou Ragu de Linguiça. E por fim os toppings crocantes: farofa de Panko, bacon crocante, crisps de carne seca, macaxeira palha, etc.

Amaram?

Eu amei MUITOOO!!

As fotos lindas são da New Wed.