Atenção futuros papais, hoje o nosso post é especialmente para vocês que, com certeza, já estão ansiosos pela chegada do mais novo (e já tão amado) membro da família.

Uma das primeiras coisas que vocês precisam (e com certeza querem muito) pensar é no planejamento do quarto de bebê, correto? Então aqui vão algumas dicas de como decorar, de forma funcional, esse novo ambiente da casa.

Para começar, contrate um profissional para te ajudar com a decoração e, principalmente, com o layout do quartinho, que é muito importante para o funcionamento do ambiente e vai facilitar bastante nas suas atividades diárias com o bebê.

Os móveis básicos são: berço, guarda roupas, poltrona de amamentação e cômoda com trocador, mas nem sempre há espaço para tudo. Para os quartinhos menores, uma boa pedida é eliminar a cômoda com trocador e colocá-la dentro do guarda roupa. Você pode decorar esse nicho e deixar a porta sempre aberta, fica bonito e funcional.

Pinterest

Pinterest

Lucio Flaubert

Outra dica é optar por um berço com cama na parte de baixo e/ou trocador ao lado, que otimiza bastante o espaço e não te priva de ter esses itens. Podem ser comprados prontos em lojas especializadas ou desenhados pelo seu arquiteto especificamente para o seu espaço.

Mostra Morar Mais por menos – RJ Arquiteta Nayara Macedo

Perspectiva Ilustrativa – Projeto CMT Arquitetura

A poltrona também é um item importante, principalmente na hora de amamentar ou dar um cochilo com o seu pequeno. Portanto, deve ser compacta, confortável e, de preferência com tecidos fáceis de lavar. Uma mesinha lateral também é fundamental, pois serve como apoio e também podem ser ótimos itens decorativos. Por falar em “fácil de lavar”, esta deve ser a principal característica da cortina escolhida, item indispensável no quarto e que também faz parte da decoração.

Por último, porém ainda no início do projeto, você deve definir um tema, que não precisa necessariamente ter super heróis, princesas ou algum animal. O quartinho pode ter estilo provençal, romântico, moderno, retrô, entre outras milhares de possibilidades, e que ganhará forma a partir do mobiliário, papel de parede, e objetos de decoração escolhidos.

Para os pais menos ousados, tons pastéis e madeira são ótimas opções e nem por isso deixam o quarto sem graça.

Perspectiva Ilustrativa – Projeto CMT Arquitetura

Perspectiva Ilustrativa – Projeto CMT Arquitetura

Projeto CMT Arquitetura

Projeto CMT Arquitetura

Projeto CMT Arquitetura

Para os mais ousados, separamos um quarto com tons de cinza e preto, madeira e um mobiliário personalizado,  tudo planejado pela nossa equipe.

Projeto CMT Arquitetura

Projeto CMT Arquitetura

Projeto CMT Arquitetura

Independente do estilo opte por peças multifuncionais e itens de decoração fáceis de serem trocados, pois basta mudar o papel de parede e alguns itens como quadros, nichos e objetos de decoração que você terá, sem muitos gastos, um novo quarto para a nova idade do seu filho(a).

Texto: CMT ARQUITETURA