É unânime: são muitas as dúvidas das noivas quando o assunto é ESCOLHER O FOTÓGRAFO DO CASAMENTO!!

Muitas noivas passam mais de um ano planejando cada detalhe do seu Grande Dia e, vamos combinar, esse Dia vai passar bem rápido. Será sim um dia mágico, cheio de emoções, diversão e amor, mas e quando a festa acabar?

São os cliques de um bom fotógrafo que fazem com que esse Grande Dia seja eterno, é através do trabalho dele que você vai poder reviver cada momento especial, quando e onde quiser.

Ao contrário de outros itens da Festa, a Fotografia é algo que você não pode tocar, ver ou ouvir com antecedência, na verdade você só vai ver o resultado final, quando receber as fotos ou o álbum.

Acho que, diante disso, é necessário dar uma boa atenção a esse fornecedor, pesquisar, buscar referências e indicações, conhecer o estilo e comportamento no local da Festa, são pontos extremamente importantes para a escolha de um bom profissional.

Não se prendam apenas a indicação de amigos ou outros fornecedores, PESQUISEM!

O propósito desse post é ajudar as noivas que vão casar e precisam escolher um fotógrafo para registrar esse Grande Dia, com dedicação e qualidade, superando todas as expectativas.

Separamos algumas dicas, extraídas do site do Fotógrafo Arthur Rosa, que podem te ajudar nessa escolha difícil, porém prazerosa.

1. Pesquise sobre o Fotógrafo e Diferentes Estilos 

Pareço redundante ao dizer isso, mas acredite que muitas noivas não pesquisam o fotógrafo e acabam seguindo apenas a indicação de cerimonialistas ou de amigas próximas, que apesar de ser importante, deve ser tomada com cuidado.

Como seu gosto pode ser bem diferente, pesquise seu fotógrafo de casamento por conta própria e contrate o que mais se encaixa dentro do que você deseja.

Comece sua busca no Google e leia comentários recentes de noivas sobre os serviços prestados na página do Google+ e Facebook. Confira suas páginas do Facebook, Instagram e Twitter também; o feedback dos clientes é bom? Como é que ele responde às críticas que por ventura existam?

Analise cuidadosamente o site dos fotógrafos para verificar as fotos de outros casamentos que ele já fotografou, o que lhe dará uma ideia de seu estilo.

O design do site também pode lhe dar pistas sobre a personalidade e sensibilidade do fotógrafo, afinal o site é a casa/escritório do fotógrafo na internet.

Existem muitos estilos de fotografia de casamento e você precisa estar certa do que quer, pois o fotógrafo não irá conseguir transformar seu estilo para te agradar.

Fotojornalista: Este estilo de fotógrafo irá fotografar seu casamento de forma espontânea. Ele não irá te convidar para ficar fazendo poses ou olhar para câmera. Você irá se surpreender com as fotos pois na maioria das vezes você não irá notar que está sendo fotografada(o).

Clássico: Se você quer um álbum como o do casamento da sua mãe ou avó, esse estilo de fotógrafo é o mais indicado. Ele irá fazer fotos mais posadas e elaboradas, com um estilo mais clássico e que ainda é muito procurado nos dias de hoje. Então, se você quer fotos posadas, escolha um fotógrafo com esse estilo.

Uma busca no Google com os termos FOTÓGRAFO DE CASAMENTO + NOME DE SUA CIDADE irá lhe mostrar os links para o site dos melhores fotógrafos de sua cidade.

Entre no site de cada um e observe bastante as fotos de casamento e e-session que eles fizeram até encontrar aquele que o estilo, seja ele tradicional ou fotojornalismo, te agrada mais!

Veja se você gosta do tratamento que ele aplica às fotos, se os efeitos te agradam, se a edição é cuidadosa, etc…

2. Estipule um Orçamento Máximo

Há fotógrafos que tem um valor mais elevado, pois estudam bastante e usam equipamentos de alta qualidade para criar imagens impactantes e únicas além de terem algo a mais para te entregar.

Mas também há fotógrafos com valor mais em conta e que entregam qualidade que em certos casos até supera a do profissional mais caro, só que estes são raros.

O segredo é pesquisar e conhecer o trabalho de cada fotógrafo de casamento. E tenha em mente que preço e valor não se misturam quando se fala de arte.

R$10mil por ser considerado um valor baixo pelas memórias mais importantes de sua família, basta você pegar um álbum de família e dar uma olhada para ver o valor que aquelas fotografias têm.

Os preços podem variar consideravelmente, e você não quer desperdiçar seu tempo agendando reunião com alguém que não está dentro do seu orçamento.

Por outro lado, se o preço é “bom demais para ser verdade”, é mais provável que esse fotógrafo não seja um bom profissional.

A regra de ouro é que o “custo é algo que normalmente pode ser negociado, a qualidade não”.

3. Faça uma Visita aos Pré-Escolhidos

Escolher seu fotógrafo não é algo que pode ser feito em casa sozinho – você deve conhecer seus potenciais fotógrafos pessoalmente. Se você gosta do que você vê em seus sites, seus valores estão dentro do seu orçamento e eles têm a sua data disponível, visite-os.

Se o fotógrafo já está ocupado em sua data, você pode perguntar se ele pode recomendar um outro amigo com um estilo similar.

Marque reuniões presenciais com pelo menos dois fotógrafos potenciais que estão disponíveis em sua data do casamento para olhar mais de seu trabalho e avaliar suas personalidades.

Esteja preparado para falar sobre o seu local, seu estilo do casamento e o que você imagina para suas fotos.

Na reunião, observe a consistência das imagens, veja se ficam bonitas impressas nos álbuns assim como estavam no site, se são criativas, se a qualidade se mantém ou diminui em diferentes eventos. Consistência é muito importante, analise bem isso!

Veja também se você se sente à vontade e tem afinidade com o fotógrafo, pois ele vai te acompanhar durante quase um dia inteiro e nada melhor que uma pessoa agradável para estar ao seu lado fotografando.

4. Questione sobre a Equipe do Fotógrafo

Muitos dos grandes fotógrafos têm mais de um fotógrafo na equipe, e a menos que você especifique em seu contrato, o fotógrafo principal que te atraiu pelo seu nome no mercado, pode não estar em seu casamento.

Uma vez que cada profissional tem um estilo, técnica e personalidade diferente, você precisa ter certeza de que o que você conversar pessoalmente esteja presente no seu casamento.

Além disso, incluir disposições específicas no contrato sobre quem vai substituir o fotógrafo se algo acontecer no dia.

Verifique se o fotógrafo vai trazer quaisquer assistentes para o seu casamento, e se sim, quantos? Se você tiver espaço em seu orçamento, considere a contratação de um segundo fotógrafo.

LEMBRE-SE: Tudo deve estar escrito no contrato!! Cada ponto combinado, cada detalhe do serviço deve estar bem especificado no contrato escrito, assim será criado um vínculo de serviço e você poderá usar isso caso o acordo não seja cumprido.

Revisar o contrato, antes de assinar, é importante para evitar surpresas!!

FONTES E FOTOS: Google Images | Pinterest | Inesquecível Casamento | Arthur Rosa | Zank You | Casamentos.com | Casar é um Barato

Caso as fotos detenham direitos autorais favor deixar nos comentários, assim daremos os devidos créditos.