Estava tudo pronto para o grande dia do casamento. Vestido de noiva, casa de festas, bandas, buffet, tudo ok. Não fosse um detalhe…

Os pais do noivo são católicos, os pais da noiva evangélicos. Como então achar uma solução para que todos ficassem felizes com as bênçãos em suas respectivas religiões?

Foi quando tiveram uma ideia: Porque não fazer as duas celebrações? Então os noivos conseguiram uma data na pequena e charmosa Igrejinha da Jaqueira, recém-reformada, dentro do parque super arborizado, com o sol da manhã.

Nada de decoração, nem cerimonial, nem assessoria, tampouco cortejo.

O casal entrou de mãos dadas. Poucos amigos, e apenas o núcleo familiar.

Nathi estava de vestidinho branco de algodão, cabelo semi-preso em um arranjo floral combinando com seu buquê. Marcelo, também de branco, estampava um sorriso de quem esperava por aquele momento por longos anos.

A cerimônia católica surpreendeu, quem presenciou jamais esqueceu. Foi emocionante, inspirador.

Em seguida, um almoço feliz, deixando a certeza que não importa o tamanho do casamento, o que sempre fará a diferença é o amor, que é a verdadeira grandiosidade dessa celebração.

Vamos curtir?

Nathi, quis começar o ano com um casamento que conseguíssemos retratar a essência desse ritual tão especial.

Quando conversamos você me disse:

“Casei com o homem da minha vida. Um sonho!”

Nathi (Noiva)

Achei tão verdadeiro! Suas palavras, mas sobretudo o olhar de vocês que ratifica tudo isso.

Vocês conseguiram transparecer que a alegria de estar casando com quem se ama é o que realmente importa. Simplesmente emocionante!

Que seja sempre assim!!

Beijo grande,

Nina

Cerimônia: Igreja da Jaqueira | Recepção: Boteco Porto Ferreiro | Fotos: Filipe Lacerda | Café: Cordel Cafe | Bolo, Doces e Digestivos: Lucinha Cascão | Barman: La Bamba | Bebidas: Casa Bebidas | Beleza: Marilia Lacerda | Cabelo: Capelli Arte | Video: Romeu e Julieta Filmes | Buquê e Acessório de Cabelo: Canga Fulo