Por conta da Pandemia de Covid-19 alguns Casais tiveram que adiar ou reformular o seu Final Feliz, e tenho acompanhado a história de muitos deles, a ansiedade, a tristeza inicial com toda essa situação.

Mas, se tem algo que eu sei, é que esses momentos de dificuldade nos fazem crescer e ver o que realmente importa.

E nesse caso gente, o que realmente importa é o AMOR! Não cancele o seu sonho, adie, ressignifique!!

Querendo ver inspirações de Casamento Civil durante a Pandemia? Dá uma olhada nesse post!

E  foi exatamente isso que Mel e Matheus fizeram, eles transformaram a tristeza inicial pelo possível adiamento do Final Feliz, em alegria, com um Micro Wedding.

Eu e Matheus nos conhecemos na igreja, através de amigos em comum, mas só viemos a nos reaproximar 2 anos depois porque nos encontramos em outra igreja e eu pedi o número dele (porque tinha perdido). Desde esse dia voltamos a conversar e os planos para o futuro eram os mesmos, depois de 2 meses começamos a namorar e com 2 anos noivamos.

Planejamos nos Casar em Junho desse ano, e ai veio a Pandemia. Eu fiquei sem acreditar no início, achava que seria algo que passaria rápido e tudo seguiria normalmente! Mas com os dias passando começou a bater a tristeza e o desespero que um dia que foi planejado por mim durante anos, não iria acontecer. No início ficamos bem tristes, Matheus é de comemorar tudo com a família com muita festa! Já eu estava com o coração apertado por minha família não conseguir vir de Fortaleza.

Apesar da tristeza de muitos não poderem estar conosco, decidimos manter a cerimônia porque pra nós o casamento vai além da festa. O casamento é uma aliança feita entre nós através de Deus, e festa nenhuma supera isso. Não sabíamos quando a pandemia iria passar, mas sabíamos que queríamos nos casar e Deus foi abençoando nossos planos. Diminuímos muito a lista, de 250 só convidamos 50 pessoas. Cadeiras distantes, máscaras e muito álcool. Não foi como eu sonhei, mas foi o melhor dia da minha vida.

Na cerimônia tomamos todos os cuidados necessários, tinha álcool em gel/líquido e máscara para todo mundo! Como não estava liberado eventos nós optamos por fazer mini bolos, cada convidado recebeu um bolinho do casamento (já embalado e higienizado). Como a cerimônia foi infinitamente menor nós conseguimos falar com todos os convidados e tirar fotos com todos. Porém, o meu pior pesadelo aconteceu: choveu na hora do casamento. Mas graças a Deus isso não foi impedimento para ninguém, todos os nossos convidados foram e no final ainda nos juntamos com o fotógrafo e nos jogamos na chuva pra tirar foto! As fotos saíram incríveis e nós ensopados!

Não posso dizer adie ou não adie, mas lembre-se que o casamento é muito mais do que só um dia! Não me arrependo de nada e nem de ter aberto mão de muitas coisas, porque hoje eu estou casada com o amor da minha vida e não adiaria isso nem por 1 minuto.

(Mel – Noiva)

Uma boa ideia, também usada por Mel e Matheus, foi compartilhar o Casamento em uma live no Instagram, para que os amigos e familiares pudessem acompanhar, mesmo de longe, esse momento tão especial.

Mel e Matheus, que dia lindo, que palavras lindas!

Vocês não desistiram, viveram o sonho de vocês da forma como podiam no momento, e se alegraram com isso.

Que vocês sempre tenham o AMOR como prioridade :)

Beijos, Nina.

Cerimonial: Cada Detalhe | Decoração: Thamara Decorações | Música: Victor Bertonny | Bolo: Fran Amaral | Buquê e Acessório de Cabelo: Canga Fulô | Fotos: Luiz Diniz | Local: Santo Capim Aldeia | Iluminação e Som: Manços | Maquiagem e Cabelo: Aline Britto