A Decoração do Casamento é, sem dúvida, uma das decisões mais importantes e difíceis para todas as Noivas.

É ela que vai transmitir a personalidade do Casal, aquilo que eles realmente querem mostrar na Cerimônia e Festa de Casamento. É ela que vai definir o Estilo de tudo, inclusive o tipo de Casamento.

É através da Decor que os Convidados vão entender mais o gosto do Casal e a personalidade deles. Por isso é importante pensar bem, conversar, pesquisar e refletir antes de fechar cada detalhe da Decoração.

Hoje vamos falar um pouco sobre algo que vem com tudo em 2019, uma tendência forte, os Arranjos Suspensos. Eles estarão presentes em todas as áreas do Casamento, seja na Cerimônia ou na Recepção, o segredo é escolher um local em que eles tenham destaque e componham perfeitamente a Decoração.

“Arranjos de flores suspensas revigoram ambientes rústicos e acentuam também a beleza de ambientes de luxo. Eles dão aquele toque requintado e de impacto à decoração do casamento e arrancam exclamações de encanto dos convidados. Trazem um ar de magia para a celebração e para a festa e permitem que aromas sejam exalados através do ar. Os projetos podem variar de soluções simples até os requintados dos mais famosos profissionais de decoração de festas.

Arranjos com flores nobres ou tropicais, com folhagens ou frutas, em formato circular, reto ou em cascata, de cor pálida ou tonalidade viva – são muitas as opções, é só escolher de acordo com o estilo do casamento.”

(Blog Detalhes de Casamento)

A imaginação é o limite e como inspiração seguem aqui alguns exemplos:

A Grande Vantagem dos Arranjos Suspensos é que eles são simples de fazer e podem ser feitos com Materiais reutilizados, como garrafas, potinhos, cestas e copos.

O mais impostante é estar atento a superfície em que ficarão presos, para que não caiam durante a Festa ou Cerimônia.


FONTES E FOTOS: Pinterest | Google Images | Detalhes de Casamento | Salve a Noiva | Casar é um Barato

Caso as fotos detenham direitos autorais favor deixar nos comentários, assim daremos os devidos créditos.