Houve um tempo em que todos eram convidados para um casamento; parentes, amigos da família, velhos amigos e todos com quem você trabalha. Mas, nos últimos anos, isso mudou em favor de casamentos íntimos.

Pesquisas recentes sugerem que os casais estão optando por se casar mais tarde e com menos convidados do que antes. Nós até vimos o advento dos micro weddings – esses são pequenos casamentos para até 50 convidados no total.

Isso não quer dizer que casamentos pequenos sejam mais baratos. Embora possam ser mais amáveis ​​com o orçamento do seu casamento, se você está planejando um casamento de luxo, isso simplesmente significa que você tem mais orçamento, o que permite que você aproveite ao máximo suas comemorações.

Se você é um dos muitos casais que procuram planejar um casamento pequeno, aqui estão alguns pontos-chave para o planejamento do casamento:

1. POR QUE FAZER UM CASAMENTO PEQUENO?

Antes mesmo de chegar ao ‘sim’, entenda o que atrai você em um casamento íntimo. É a privacidade e exclusividade que oferece? Talvez seja a preferência por um casamento mais significativo que possa ser personalizado? Ou talvez tenha a ver com o orçamento do seu casamento ou porque quer se casar no exterior?

  • Reduz o custo geral e o orçamento do casamento.
  • Uma sensação mais íntima.
  • Menos convidados significa que você tem mais comida e bebida.
  • Menos convidados significa que você pode passar mais tempo com aqueles que estão lá.
  • Menos pessoas, menos estresse, podem aproveitar cada momento.
  • Mais relaxado.

Depois de estabelecer sua motivação, priorize isso como sua inspiração para o grande dia.

2. A LISTA DE CONVIDADOS

Possivelmente, a parte mais importante do planejamento do casamento é quem convidar. Com um casamento íntimo, isso significa quem você está mais próximo e querido, o que de certa forma pode ser mais fácil de decidir.

Como casal, combinem um número com o qual se sintam confortáveis ​​e trabalhem para isso. Normalmente, um pequeno casamento acomoda cerca de 50 pessoas – 25 pessoas de cada lado. Pense se você deseja incluir ‘mais um’ ou apenas indivíduos, e se isso se estende aos seus colegas de trabalho próximos ou a nenhum. A consistência em ambos os lados evitará discussões!

Considere se você deseja estender os convidados para a recepção da noite, ou se prefere manter sua festa de casamento pequena e exclusiva, sem a distração de novos convidados no final do dia.

Finalmente, pense um pouco sobre como você gerenciará amigos e familiares não convidados. Um dos desafios de um casamento pequeno é como gerenciar as expectativas dos outros.

3. PLANEJE SEU ORÇAMENTO DE CASAMENTO

No que diz respeito ao orçamento do casamento, calcule quanto tem para gastar no total e de onde virão esses fundos (poupanças, família, etc.). Depois de entender suas finanças, você será capaz de trabalhar dentro de suas restrições.

Junte isso à sua lista de convidados e você saberá o custo por pessoa. Isso será útil ao pensar sobre os locais do casamento.

4. CONTRATE O ESPAÇO CERTO

Uma das principais considerações de um casamento pequeno é garantir que o local do casamento complemente o tamanho da sua festa. Muito grande pode parecer que algumas pessoas não apareceram – muito pequeno pode parecer que você reduziu os custos.

A chave para isso é pesquisar locais online e pessoalmente com antecedência, para garantir que funcionem para o tamanho da sua festa.

Em primeiro lugar, onde você fará seus votos? Seja uma igreja, uma praia ou um cartório, um celeiro ou outro lugar; certifique-se de escolher um local adequado para o número de convidados presentes.

Quando se trata do local da recepção de seu casamento, há muitas opções criativas para locais íntimos. De barcos a celeiros, de hotéis boutique a quartos privados em restaurantes.

Você é menos restrito com grupos menores – o único local que isso exclui são grandes salões de baile e locais que acomodam grupos maiores. No entanto, a maioria dos locais de casamento tem seu próprio coordenador de casamentos, que poderá aconselhar sobre como aproveitar ao máximo seu espaço, portanto, use-os a seu favor.

É aqui que você passará a maior parte do seu dia, então faça disso uma prioridade.

5. A EXPERIÊNCIA DO CONVIDADO

A experiência do convidado geralmente é mais rica em festas menores, pois o casal pode passar bons momentos com todos.

Mas, como há mais foco nos convidados, isso significa que sua experiência também precisa estar no topo da agenda.

Pense em como o dia vai se desenrolar e todos os toques que podem ser adicionados para torná-lo exclusivo e especial, que uma festa de casamento maior pode não ser capaz de realizar. Isso pode ser alugar um barco para levar os convidados da igreja ou registro para o local do casamento, ou pode ser um chef particular e sommelier que oferece degustação privativa como parte do dia.

6. ADICIONAR PERSONALIDADE

Uma das muitas razões pelas quais os casais optam por um casamento íntimo, é a opção de romper com a tradição e adicionar personalidade aos procedimentos.

Com uma festa de casamento menor, você tem a oportunidade de tornar o dia seu. Com menos de 50 convidados para pensar, é possível criar toques personalizados e dentro do orçamento do seu casamento.

Pode ser um bolo de casamento de designer, seu próprio bar de gin club ou fotos de todos os participantes espalhadas pelo local. Pode ser tão pequeno quanto o seu esquema de cores, até conseguir fazer um filme que seja exibido no dia.

7. FAÇA SUAS PRÓPRIAS REGRAS

A grande vantagem de um casamento pequeno é a possibilidade de planejá-lo nos seus termos. Já que você está mantendo o dia íntimo, isso significa optar por não participar de tradições “desnecessárias”. Não pareceria estranho ter uma ou nenhuma madrinha, ou renunciar a um grande grupo de padrinhos. A beleza de um casamento íntimo significa que vale tudo.

8. CONSIDERE A PRIVACIDADE

Uma razão significativa pela qual muitos casais optam por pequenas festas de casamento é a privacidade. Nem todo mundo quer um grande casamento e a atenção que vem com ele. Se for esse o caso, pense em como seu grande dia pode ser cheio de comemoração e ao mesmo tempo ser apropriadamente discreto. Você pode querer incluir uma proibição de mídia social, por exemplo.

9. ALOJAMENTO

E, finalmente, pequenas festas de casamento têm o benefício de levar os convidados para o exterior ou para locais exclusivos, como parte de seu grande dia. Isso geralmente significa que os convidados podem permanecer no local, dependendo do local escolhido para o casamento. Isso pode ser um grande benefício para manter o seu grande dia emocionante e especial para um sortudo grupo de elite de convidados.

Não importa quantos convidados a festa vai ter, o mais importante é que nesse dia vocês estejam cercados de amor e alegria.


FONTES E FOTOS: Google Fotos | Pinterest | The Knot | Wedding Wire | Wedding Inspire

Caso as fotos detenham direitos autorais favor deixar nos comentários, assim daremos os devidos créditos.